Como comprar uma casa com família ou sozinho

Como comprar uma casa com família ou sozinho

Você já parou para pensar quais são os cuidados que envolvem a decisão de como comprar uma casa? Independente de onde você mora hoje e com quem, resolver se mudar requer atenção a determinados pontos, especialmente se você for investir todo o seu dinheiro em um novo patrimônio.

Veja abaixo o que levar em consideração na escolha ao fazer a mudança sozinho ou com a família.

Como comprar uma casa sozinho

Comprar uma casa sozinho

Primeiramente, quando se mora sozinho é muito mais fácil tomar a decisão final ao comprar uma casa. Isso ocorre devido ao fato que só você precisará saber o que quer e precisa para decidir.

Porém, independente disso, existem cuidados que você terá que seguir para evitar prejuízos financeiros e no seu dia a dia. Confira:

  • Organize suas finanças para poder dar uma boa entrada, caso queira financiar. Assim, você reduz os juros mensais, a parcela e paga menos pelo seu patrimônio;
  • Procure conhecer a vizinhança antes de comprar uma casa. Avalie o que tem perto e se transporte público, serviços e comércio são de fácil acesso;
  • Guarde uma reserva financeira para emergências;
  • Considere as despesas da residência, assim como, seus gastos pessoais mensais;
  • Pese o custo de vida da região, antes de fechar negócio;
  • Pesquise bastante, veja todas as opções disponíveis dentro do seu orçamento;
  • Confira as documentações;
  • Cheque a idade do imóvel e condições gerais da residência, especialmente da elétrica e hidráulica, se for uma casa mais antiga;
  • Não tenha pressa. Ela sem dúvida é inimiga da casa ideal.

Como comprar com família

Comprar uma casa com família

Por fim, adquirir um imóvel para toda a família deve levar em consideração os aspectos acima, mas também:

  • Rotina dos demais moradores;
  • Gostos pessoais de cada um;
  • Opiniões e necessidades específicas;
  • Infraestrutura oferecida no bairro, prédio ou condomínio, de acordo com as atividades de cada um da família;
  • Situações de longo prazo, como o filho que precisará ir pra faculdade, dirigir ou se virar sozinho, entre outros.

Entretanto, é possível que você precise considerar ainda questões como o deslocamento para colégio, cursos e atividades extracurriculares, além de segurança, número de cômodos (que para a família terá que ser maior), entre outros. Assim, a dica nessa questão é anotar tudo o que gostaria de ter no novo endereço e fazer o mesmo com cada familiar, se for o caso.

Encontre empresas de mudanças na sua cidade

);